NOTÍCIA ANTERIOR
Economia Solidária de Mauá sensibiliza alunos de qualificação profissional
PRÓXIMA NOTÍCIA
Mauá realiza ação integrada entre GCM e Polícias Militar e Civil
DATA DA PUBLICAÇÃO 13/11/2014 | Cidade
Gabinete de Gestão Integrada de Mauá discute segurança pública
Gabinete de Gestão Integrada de Mauá discute segurança pública O prefeito considerou que o trabalho integrado tem colaborado sobremaneira para melhorar a segurança. Crédito: Evandro Oliveira/PMM
O prefeito considerou que o trabalho integrado tem colaborado sobremaneira para melhorar a segurança. Crédito: Evandro Oliveira/PMM
Reunião do Gabinete de Gestão Integrada Municipal de Segurança Pública no CEU das Artes, mostra avanços e quer inibir ocorrências criminais no período de compras de final de ano

A redução dos crimes mais violentos em Mauá foi destacada durante a reunião do Gabinete de Gestão Integrada Municipal de Segurança Pública, realizada nesta terça-feira (11) no CEU das Artes, no Parque das Américas. Segundo o delegado-titular Alberto José Alves, “os crimes mais violentos tiveram uma queda acentuada em Mauá nos últimos dois anos”.

Segundo estatísticas da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, em 2012, foram 60 homicídios dolosos; em 2013, foram 53; e 35 até setembro deste ano. Ainda conforme o delegado, as iniciativas do poder público de envolver a comunidade fazem grande diferença uma vez que as pessoas passam a fazer bom uso dos espaços, como no caso do CEU das Artes, onde os usuários cuidam e previnem vandalismo. “Essa nova concepção de espaço público é a melhor maneira de conservar e incluir a sociedade na sua manutenção”, disse o delegado.

O prefeito Donisete Braga considerou que o trabalho integrado da Guarda Civil Municipal e as polícias Civil e Militar tem colaborado sobremaneira para melhorar a segurança pública na cidade. Para ele, nada melhor que incluir a tecnologia nesta integração. “Isso tem um custo em que o Governo Federal pode intervir, mas, agregando as forças e as tecnologias é possível fortalecer a sensação de segurança para a população.”

Este posicionamento foi reforçado a partir da apresentação desenvolvida pelo secretário de Segurança Pública, Carlos Wilson Tomaz, relacionada às ações mais recentes da pasta, como a implantação da Central de Videomonitoramento Eletrônico de Segurança; o reaparelhamento com a aquisição de novas viaturas e motos para o policiamento preventivo; qualificação de guardas e entrega de motos, viaturas, base móvel e micro-ônibus, por intermédio do programa federal ‘Crack, é possível vencer’; e a nova sede.

Tomaz destacou novas ações como a destinação de emenda parlamentar que vai permitir a compra de computadores, impressoras, copiadoras, câmeras, decibelímetros, etilômetros e outros equipamentos. Assim, considera, “será possível realizar palestras e a instalação do telecentro para formação permanente da corporação.”

Ele lembrou ainda que a cidade aderiu ao Infocrim, sistema de informações criminais do governo estadual, e Infoseg, sistema federal, que potencializam os resultados do trabalho preventivo e repressivo; e que teve projetos aprovados junto ao convênio com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp). Este convênio vai permitir o desenvolvimento do projeto Mulheres da Paz e Protejo, “dirigido para comunidades em situação de vulnerabilidade social, que permitirá identificar lideranças femininas que irão atuar em ações preventivas quanto à violência, criminalidade e redução de conflitos, além de possibilitar atendimento inclusivo para jovens em situação de risco social.”

Os participantes da reunião puderam assistir à apresentação sobre um software disponível no mercado que amplia as possibilidades de uso dos atuais recursos tecnológicos já adotados na área de segurança pública.

Alguns segmentos da sociedade civil puderam se manifestar, apresentando demandas aos setores presentes, como no caso de um morador da cidade que conheceu a atuação das forças policiais e do poder público na fiscalização de atividades que perturbam o sossego e de uma instituição acadêmica que manifestou preocupação com a presença de usuários de drogas no entorno. A presença de representantes das Secretarias de Saúde e Ação Social agilizaram o diálogo em busca da solução do caso.

Quanto às operações de final de ano, dirigida para o aumento da circulação de pessoas nos centros comerciais do município por ocasião das festas de final de ano, por parte da Polícia Militar, o capitão Renê Passotto, afirmou que serão deslocados mais policiais diariamente, além das medidas tomadas normalmente neste período. O delegado também garantiu a presença de duas viaturas do Garra no policiamento preventivo na cidade.

O secretário de Segurança informou que estas atividades seguem no período de novembro a janeiro, já começando com uma operação de saturação, com agentes e viaturas, já na próxima quinta-feira (13) à tarde, no Centro. “Mauá tem centros comerciais bastante ativos, que demandam atenção e a necessidade de integração das forças de segurança, inclusive com a presença do micro-ônibus que faz o monitoramento eletrônico das vias e dos setores de fiscalização”, detalhou o comandante da Guarda, João Carlos Conígero.

Por PMM - Redação
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Cidade
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
03/02/2020 | Com um caso em Santo André, São Paulo monitora sete casos suspeitos de Coronavírus
25/09/2018 | TIM inaugura sua primeira loja em Mauá no modelo digital
As mais lidas de Cidade
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6325 dias no ar.