NOTÍCIA ANTERIOR
É mais saudável usar toalhas de papel ou jatos de ar para secar as mãos?
PRÓXIMA NOTÍCIA
É melhor dormir com ou sem meias?
DATA DA PUBLICAÇÃO 19/09/2018 | Saúde e Ciência
Forma de andar mostra os vícios de postura
Forma de andar mostra os vícios de postura É muito importante manter a articulação do quadril saudável. — Foto: Augusto Carlos/TV Globo
É muito importante manter a articulação do quadril saudável. — Foto: Augusto Carlos/TV Globo
Como identificar o tipo de dor no quadril?

Como você anda mostra os vícios de postura que você tem. Você sabe o que causa o desvio de quadril? O quadril liga os membros inferiores ao tronco. Movimentos como sentar, levantar, andar, correr, subir e descer escadas acontecem em grande parte na articulação do quadril.

E como identificar o tipo de dor no quadril? Existem dois motivos para termos dores na região do quadril:

Alteração de dentro da articulação, que pode ser de nascença. Dependendo do diagnóstico, o tratamento pode ser com reabilitação, artroscopia ou até com a substituição do osso por uma prótese. O envelhecimento também pode causar desgaste;
Alterações fora da articulação, nas estruturas que dão estabilidade e mobilidade, como os músculos, bolsas e ligamentos. Os tratamentos incluem uso de corticoides (caso ocorra fora da articulação), ácido hialurônico e procedimento cirúrgico (dentro da articulação), além de reabilitação, fisioterapia.

O que é síndrome do piriforme?

Algumas das alterações: tendinite (inflamação no tendão), bursite (inflamação da bolsa que fica envolta do quadril), síndrome do piriforme (músculo que passa embaixo do nervo ciático. Quando inflamado irradia a dor porque comprime o ciático), dor na fáscia (pode apresentar inflamação).

É muito importante manter a articulação do quadril saudável. Como? Com musculação com carga moderada, condicionamento físico e alongamento.

Observar o jeito de caminhar pode ajudar na identificação de disfunções do quadril

Jeito de andar e disfunções
“O quadril é fundamental na marcha. Toda vez que a gente tá desenvolvendo o movimento da marcha, a gente observa as preferências do quadril”, explica a fisioterapeuta Camila Pagliuca. Isso pode ser notado pelo jeito de movimentar o quadril, de levantar os pés ou até na forma de pisar.

“A gente tem que pensar que o pé é uma forma de impulsão. Na hora que você apoia o pé no chão, existe uma força de reação do solo, uma força que vem do chão para cima”. Com o tempo, esse impacto inadequado pode causar um desgaste no quadril.

Por G1, São Paulo
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Gerais - Clique Aqui
As últimas | Saúde e Ciência
20/09/2018 | Campanha contra sarampo e poliomielite segue na região
19/09/2018 | É melhor dormir com ou sem meias?
19/09/2018 | Forma de andar mostra os vícios de postura
As mais lidas de Saúde e Ciência
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6360 dias no ar.