NOTÍCIA ANTERIOR
Google sugere que Symantec deixe de ser certificadora autônoma
PRÓXIMA NOTÍCIA
Emoji de cocô triste entra em lista de possíveis novidades para 2018
DATA DA PUBLICAÇÃO 04/08/2017 | Informática
Facebook vai intensificar checagem de fatos para combater notícias falsas
 Facebook vai intensificar checagem de fatos para combater notícias falsas Facebook vem orientando usuários a como identificar notícias falsas (Foto: Divulgação/Facebook)
Facebook vem orientando usuários a como identificar notícias falsas (Foto: Divulgação/Facebook)
Companhia disse que começará a usar algoritmos para detectar notícias falsas em potencial e enviá-las aos verificadores de informação.

O Facebook deve enviar mais artigos potencialmente falsos para a checagem de fatos e mostrar as descobertas abaixo da publicação original, informou a maior rede social do mundo nesta quinta-feira (3), em um esforço para conter a circulação de notícias falsas.

Em comunicado, a companhia disse que começará a usar algoritmos para detectar notícias falsas em potencial e enviá-las aos verificadores de informação, potencialmente mostrando os resultados da checagem abaixo do artigo original.

O Facebook tem sido criticado como sendo um dos principais pontos de distribuição de notícias falsas, que muitos pensam ter influenciado o resultado das eleições presidenciais norte-americanas em 2016.

Questão global

O problema também se tornou tópico de discussões políticas na Europa, com os eleitores franceses inundados por notícias falsas antes das eleições presidenciais na França, em maio, e a Alemanha apoiando um plano para multar as redes sociais que não conseguirem remover publicações de ódio prontamente, antes de eleições em setembro.

Nesta quinta (3), o Facebook informou em um comunicado enviado separadamente em alemão que um teste da ferramenta de checagem de fatos estava sendo lançado nos Estados Unidos, na França, na Holanda e na Alemanha.

"Além de ver quais histórias são contestadas pelos verificadores de fatos terceirizados, as pessoas querem mais contexto para tomar decisões informadas sobre o que leem e compartilham", disse em Sara Su, gerente de produto do feed de notícias do Facebook, um blog.

Ela acrescentou que o Facebook seguirá testando sua ferramenta de "artigos relacionados" e trabalhará em outras mudanças no feed de notícias para conter informações falsas.

Por G1 - Reuters
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Gerais - Clique Aqui
As últimas | Informática
19/09/2018 | Grupo Renault Nissan terá sistema operacional Android em seus carros
18/09/2018 | A corrida para a criação do computador mais poderoso da história
11/06/2018 | Google tira ovos de emoji de salada para agradar veganos
As mais lidas de Informática
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6238 dias no ar.