NOTÍCIA ANTERIOR
Gmail passa a enviar dinheiro na web e pelo app para Android
PRÓXIMA NOTÍCIA
Facebook libera a brasileiros publicação de imagens que somem no Messenger
DATA DA PUBLICAÇÃO 16/03/2017 | Tecnologia
Facebook desmente boato de que vai tornar públicos dados excluídos: ''você é dono das informações''
 Facebook desmente boato de que vai tornar públicos dados excluídos: ''você é dono das informações'' Facebook desmente boato que circula na rede social de que vai tornar públicos dados excluídos. (Foto: Reprodução/Facebook)
Facebook desmente boato que circula na rede social de que vai tornar públicos dados excluídos. (Foto: Reprodução/Facebook)
Novo boato incentiva usuários a copiar e colar texto que teria o poder de impedir o Facebook de divulgar publicações apagadas.

O Facebook começou a exibir a usuários brasileiros uma mensagem em que desmente o boato de que a rede social tornaria públicas publicações, fotos e mensagens excluídas de todos que não publicassem uma mensagem proibindo a prática.

Para conter a onda de desinformação, o Facebook passou a mostrar avisos na versão móvel da rede social. A empresa pede que o usuário não acredite na mensagem e que ele “é dono das informações e do conteúdo que publica, e pode controlar o modo como tudo isso é compartilhado através de suas configurações de privacidade”.

O boato que tem circulado é o seguinte:

"É amanhã... a partir de amanhã as suas publicações, fotos ou até mesmo mensagens que você excluiu serão públicas para todo mundo. Basta colar isso no seu mural, se você não autoriza o Facebook a postar sua privacidade (copie e cole no seu mural não pode compartilhar). Eu não autorizo o Facebook a tirar minha privacidade - Copie e Cole ... (Não Compartilhar)”

A mensagem remonta outra corrente que circula há anos no Facebook e de tempos em tempos ganha mais força. O texto também tem o intuito de fazer usuários receosos de repassarem o boato adiante.

A diferença está no teor: o boato antigo dizia que a rede social divulgaria, copiaria ou distribuiria imagens, informações ou publicações de todos que não publicassem uma mensagem vetando a prática em seu mural.

O conteúdo do texto dá a entender que o Facebook faria isso por ter se tornado uma empresa com ações vendidas na Bolsa –“O Facebook é agora uma entidade pública”--, o que remonta ao ano de 2012, quando a companhia fez sua primeira oferta pública de ações.

O texto desse boato é o seguinte:

“EU TAMBÉM NÃO AUTORIZO!!! A partir de 21 de junho de 2016, não dou permissão ao Facebook ou às entidades associadas ao Facebook para usar minhas imagens, informações ou publicações, tanto do passado como do futuro. Por esta declaração, dou aviso ao Facebook que é estritamente proibido divulgar, copiar, distribuir ou tomar qualquer outra ação contra min com base neste perfil e/ou no seu conteúdo. O conteúdo deste perfil é informação privada e confidencial. Nota: O Facebook é agora uma entidade pública. Todos os membros devem publicar uma nota como esta. Se preferir, pode copiar e colar esta versão. Se não publicar uma declaração pelo menos uma vez, estará tacitamente permitindo o uso de suas fotos, bem como a informação contida nas atualizações de status do perfil. Não compartilhe. Se interessa copie e cole”

Além de avisar que as mensagens se tratam de boato, o Facebook indica que os usuários podem monitorar na própria rede social como informações pessoais são usadas.

Por G1
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Gerais - Clique Aqui
As últimas | Tecnologia
21/09/2018 | Brasileiro fica quase 3 horas por dia assistindo a vídeos online; aumento foi de 135% em 4 anos
19/09/2018 | Sony anuncia PlayStation Classic, versão mini do PS1 com 20 jogos na memória
18/09/2018 | A curiosa razão por que o relógio sempre marca 9:41 nos anúncios da Apple
As mais lidas de Tecnologia
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6236 dias no ar.