NOTÍCIA ANTERIOR
Feriado da Independência: Orientações e horários de pico
PRÓXIMA NOTÍCIA
Acidentes nas rodovias Anchieta e Imigrantes caem quase 9% no ano
DATA DA PUBLICAÇÃO 04/09/2015 | Geral
Estradas de SP devem receber mais de 2 milhões de carros durante feriado
Estradas de SP devem receber mais de 2 milhões de carros durante feriado Foto: Reprodução - G1 - Rodovia dos Imigrantes
Foto: Reprodução - G1 - Rodovia dos Imigrantes
Veja os melhores horários para evitar o congestionamento no feriado.

Fluxo começa a ficar intenso na tarde desta sexta-feira (4).


O feriado de 7 de Setembro vai intensificar o tráfego em direção ao interior e ao litoral, segundo as concessionárias responsáveis pelas principais rodovias do estado de São Paulo.

A Agência Reguladora de Serviços Públicos de Transporte de São Paulo (Artesp) acredita que mais de 2,6 milhões de veículos devem acessar as rodovias que passam pela Grande São Paulo no período. A lentidão em direção às estradas deve aumentar já na tarde de sexta-feira (4). Confira abaixo a previsão dos horários mais movimentados nas rodoviais:

Anhanguera/Bandeirantes
Aproximadamente 700 mil veículos devem passar pelo sistema Anhanguera-Bandeirantes entre sexta-feira (4) e segunda-feira (7). O motorista deve enfrentar trânsito mais intenso no período entre 14h e 20h da sexta-feira e das 10h às 13h de sábado (5). Na volta a São Paulo, o trânsito deve ficar carregado na segunda (7), entre 11h e 20h.

A Rodovia dos Bandeirantes será interditada no km 94 entre 17h de sábado e 5h de segunda-feira. A concessionária irá indicar caminhos alternativos durante o período. No domingo e na segunda-feira, os caminhões que seguem para São Paulo devem utilizar a Anhanguera entre o km 48 e o km 23 para melhorar a distribuição do tráfego.

Anchieta/Imigrantes
Entre 230 mil e 350 mil veículos devem descer a serra pelas rodovias do sistema Anchieta-Imigrantes. De acordo com a concessionária Ecovias, o fluxo deve ficar mais intenso a partir das 15h da sexta-feira (4). Das 15h às 2h de sábado, a concessionária implanta a Operação Descida. No sábado, a operação será retomada das 7h às 21h e, no domingo, das 9h às 13h. No retorno a São Paulo, o tráfego deve aumentar entre 17h e 22h de domingo (6) e das 10h de segunda-feira às 3h de terça-feira, quando haverá a Operação Subida.

Ayrton Senna/Carvalho Pinto
Até 990 mil veículos devem passar pelo sistema Ayrton Senna/Carvalho Pinto durante este feriado. O fluxo deve ser mais intenso entre 15h e 17h de sexta-feira (4) e entre 10h e 12h de sábado (5). Entre o km 128 e km 130, a Ecopistas vai acrescentar uma faixa reversível durante os horários de pico.

Castello Branco/Raposo Tavares
Cerca de 507 mil veículos devem passar pelo Sistema Castello-Raposo durante o feriado. Os horários de maior movimento na via acontecem na sexta-feira (4) das 15h às 21h, no sábado. Das 8h às 16h e no domingo, das 16h às 19h. Na volta para São Paulo, o motorista deve enfrentar fluxo mais intenso das 14h às 22h de segunda-feira (7).

Régis Bittencourt
A concessionária da rodovia prevê um aumento de 7% no número de veículos no feriado comparado aos dias normais. Os horários de maior lentidão na saída de São Paulo vão das 17h às 22h de sexta-feira e das 5h às 13h de sábado. No retorno à capital, o fluxo fica mais intenso na segunda-feira, das 14h às 22h.

Fernão Dias
A previsão é que 160 mil veículos deixem a capital paulista pela rodovia com destino ao interior. O congestionamento fica intenso entre 18h e 22h da sexta-feira (4) na saída para o feriado e entre 14h e 18h da segunda-feira para o retorno a São Paulo.

Por G1, em São Paulo
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Gerais - Clique Aqui
As últimas | Geral
25/09/2018 | Golpe do ''motoboy'' é o crime da moda
25/09/2018 | Há quatro meses faltam medicamentos no SUS
25/09/2018 | Redução de pressão de água é eficaz, mas exige medidas, diz professor
As mais lidas de Geral
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6195 dias no ar.