NOTÍCIA ANTERIOR
Jornalistas estrangeiros aprovam turismo no Brasil, aponta pesquisa
PRÓXIMA NOTÍCIA
Rio de Janeiro é destino mais procurado do país, segundo levantamento
DATA DA PUBLICAÇÃO 18/10/2016 | Turismo
Enfermeira e marido se encantam com as belezas de Fernando de Noronha
Roteiro é caro mas oferece passeios inesquecíveis e paisagens deslumbrantes

A enfermeira Ariana Marcela aproveitou as delícias de Fernando de Noronha com o marido Álvaro Mansor. Ela explicou como o casal escolheu o destino.

“Além de ouvir falar muito sobre esta cidade, a curiosidade ficou maior, pois somos amantes de praia. Geralmente, nossas viagens de férias são para lugares com mar, sol e água fresca, então decidimos conhecer o 'caribe brasileiro' como é chamado Fernando de Noronha”, afirmou, destacando que a programação da viagem foi fundamental para que tudo ocorresse bem.

“Realizei pesquisa sobre a cidade na internet, como blogs de viagens e em sites como Melhores Destinos para maiores informações sobre o que fazer, principais pontos turísticos, comidas, restaurantes, pousadas, etc. A viagem foi toda programada e executada por mim e meu marido. Somente duas companhias áreas fazem este trecho até Noronha: Azul e Gol. Viajamos pela Azul, com conexão em Recife, demorou aproximadamente três horas até o destino final”, enfatizou.

Ariana contou quais locais conheceu durante a viagem com seu marido. “Noronha é maravilhoso e, por ser uma ilha, é possível conhecer praticamente todo o arquipélago com média de 4 a 5 dias de permanência. A ilha é divida entre Mar de Dentro (parte da ilha voltada para o Brasil) e Mar de Fora (parte da ilha voltada para a África). No primeiro dia, após a chegada na cidade, fomos conhecer as praias do Mar de Fora da ilha e o Forte Nossa Senhora dos Remédios. De lá, vemos as duas praias que citarei logo adiante. Como estávamos hospedados na pousada Dois Irmãos, próximo à Vila dos Remédios, que é o Centrinho de Noronha, em algumas praias conseguimos ir a pé. Há a possibilidade de alugar buggie, mas optamos por fazer as trilhas a pé ou de ônibus”, relatou.

“Iniciamos pela Praia do Cachorro e da Conceição, duas praias 'urbanas' perfeitas para uma tarde relaxada, um mar com águas mornas, calmas e transparentes. De lá, fomos andando pelas Praias do Meio e a Praia do Boldró, ambas são continuação das praias anteriores, porém, para chegar até a Praia do Boldró caminha-se um bom pedaço de trilha, mas o que mais vale a pena é o pôr-do-sol, que de lá é uma imagem incrível”, destacou Ariana.

“Nos outros dias, seguimos conhecendo Praia do Porto, onde vimos o Projeto Tamar, com captura intencional de tartarugas. Logo ao lado, tem uma piscina natural para fazer mergulho, chama-se Praia de Caieira, lugar lindo e com espécies marinhas maravilhosas. Fomos também à Praia do Atalaia, onde fizemos mergulho com snorkell e vimos peixes de várias espécies e cores e ainda tubarões filhotes e uma tartaruga gigantesca, imagens indescritíveis”, enfatizou a enfermeira, que continuou relantando a viagem, maravilhada com tudo o que viu.

“Realizamos um passeio de Catamarã, percorrendo todo o Mar de Dentro chegando bem na Ponta da Sapata onde os dois mares se encontram, Mar de Fora e de Dentro. Águas azuis, verdes, transparentes, mornas, tudo se vê e se sente nesse passeio. Com guia, almoço incluso e, com direito a parada para mergulho na Praia do Sancho, eleita a mais linda praia do mundo diversas vezes por revistas conceituadas, vale muito a pena, pois conhecemos todo esse lado de dentro da Ilha”, afirmou Ariana.

“Passamos por todas as praias como as citadas e ainda Cacimba do Padre, Baía dos Porcos, Praia do Bode, Baía dos Golfinhos. Mesmo com esse passeio de Catamarã, ainda fomos a pé conhecer essas praias e as do Mar de Fora que são: Praia do Leão, Praia do Sueste, Praia das Caracas e algumas que já tínhamos ido, como, Praia de Caieira e Praia do Atalaia. Também não podíamos deixar de ir no Mirante dos Golfinhos, cuja entrada é pelo PIC Golfinho-Sancho e é onde temos uma das vistas mais lindas desse passeio, além do Mirante Dois Irmãos. Não é por menos que este mirante é o cartão postal da cidade”, disse Ariane, que destacou para que tipo de público é indicada esta viagem.

“Acredito que Noronha é um lugar para todo tipo de público, desde casais até idosos, a cidade tem aproximadamente cinco mil habitantes e não é grande, portanto tudo é perto, mercados, farmácias e restaurantes. Há passeios que buscam e levam o turista até a pousada, apesar que as trilhas para acesso a alguns lugares sempre dispõem de um guia para acompanhar e também não são trilhas perigosas e de grande extensão. Além disso, há ônibus na cidade que leva o tursita de ponta a ponta, táxi com valores fixos para cada destino e a possibilidade de locação de bugge por dia ou por pacote de acordo com a quantidade de dias em que a pessoa que ficará na cidade”, argumentou.

Ariane disse que o roteiro não é barato, pois além das passagens aéreas, hospedagem e alimentação, o local ainda conta com taxa de preservação ambiental, que pode pesar no bolso do turista.

“Não é um roteiro muito barato. Além dos custos como avião, pousada, alimentação, há as taxas de preservação ambiental num valor de aproximadamente R$ 67,00 por dia e por pessoa, que deve ser efetuado pela internet ou no ato do desembarque no aeroporto de Noronha. Sem esse pagamento, o turista não entra na cidade. Para acessar algumas praias do Mar de Fora e Mar de Dentro também existe um ingresso a ser adquirido num valor de aproximadamente R$ 81,00 por pessoa e que é controlado pela ICMBio”, explicou.

Mas, nem por isso Ariane deixaria de visitar Fernando de Noronha novamente. Ela deixou algumas dicas para quem pretende ir até o local. “Voltaria milhões de vezes para Noronha, um lugar calmo, relaxante, com pessoas muito hospitaleiras, lugares encantadores, espécies marinhas de diversas cores e formas, um lugar simples, mas ao mesmo tempo belíssimo”, afirmou.

“É bom lembrar sempre que lá é um lugar com muito verde e então os mosquitos aproveitam, portanto, é preciso ter sempre na bolsa o repelente. O sol é escandalosamente lindo e brilha o dia todo, por isso o protetor solar deve ser um companheiro inseparável”, concluiu.

Por Diário Online
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Gerais - Clique Aqui
As últimas | Turismo
18/09/2018 | Brasileiros precisarão de autorização de viagem para entrar na Europa a partir de 2021
17/09/2018 | Halloween Horror Nights 2018, do Universal Orlando, já está aberto
31/08/2018 | Campos do Jordão para crianças
As mais lidas de Turismo
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6234 dias no ar.