NOTÍCIA ANTERIOR
Grande Itu
PRÓXIMA NOTÍCIA
Com roteiros mais curtos, oferta de cruzeiros no Brasil volta a crescer neste ano
DATA DA PUBLICAÇÃO 22/09/2017 | Turismo
De olho na rota dos furacões
Irma, Maria, José, Katia e Harvey. O temido quinteto foi e está sendo amplamente comentado no mundo por conta dos estragos que está deixando por onde passa. São os furacões da temporada que trouxeram mortes e destruição a centenas de regiões, como várias partes dos Estados Unidos, Golfo do México e Caribe.

Nesta época do ano, esses locais ficam em alerta para os fenômenos, mas, em 2017, eles vieram com tudo – muitos em grau 5, atingindo mais de 260 km/h. “Se considerarmos que as mudanças climáticas representam mais energia retida no sistema climático, tanto na atmosfera quanto nos oceanos, e que os furacões roubam dos oceanos energia para se sustentar, é de se esperar que sejam mais frequentes”, explica Ricardo de Camargo, professor de Meteorologia de IAG (Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas).

A água quente é o ingrediente principal para formar os fenômenos, que são “gigantescas máquinas térmicas capazes de retirar calor dos oceanos a partir da evaporação que ocorre em grandes proporções”, explica Camargo. Tufões no Pacífico Oeste, ciclones tropicais no Índico são os mesmos sistemas que os furacões do Atlântico, só ganham nomes de batismos diferentes por acontecerem em outros lugares. Além da população desses locais, os turistas também acabam enfrentando as consequências. É por isso que se recomenda cuidado ao se escolher as áreas de perigo durante a temporada de furacões. No Caribe, ela inicia no fim de junho e segue até o começo de novembro.

Se por um lado viajar nesta época pode ser ''''mais barato'''', por outro, é necessário se avaliar muito bem o risco. Caso a vontade de conhecer o belíssimo mar azul caribenho não possa ser adiada, escolha destinos que possuem menos probabilidade de serem atingidos. De acordo com o especialista, isso tem a ver com a combinação de outras características no processo de formação dos fenômenos, como localização.

“Os furacões intensos normalmente ocorrem afastados aproximadamente 500 quilômetros para o Norte e para o Sul da Linha do Equador, pois a rotação da Terra é força presente em sua dinâmica, assim, estes lugares estão localizados fora do cinturão dos furacões.” Neste caso, dá para citar as ilhas ABC (Aruba, Bonaire e Curaçao). “Isso não quer dizer que estão completamente salvos do risco. Às vezes, enfrentam fortes chuvas que causam alagamentos”. Em 2016, por exemplo, o furacão Mattew atingiu, entre outros destinos, as ilhas citadas e matou mais de 1.000 pessoas.

Caso tenha comprado, cliente tem direito a negociação
Um grande problema de se programar viagem para o Caribe – ou outro local da rota de furacões – é que só dá para saber se está se formando um fenômeno deste porte com apenas cinco a sete dias de antecedência. Quem comprou meses antes acaba sendo surpreendido quando a viagem se aproxima. Mas, em casos como esse, o consumidor tem direitos garantidos.

“É essencial primar pela segurança, portanto, tem o direito de cancelar, adiar ou negociar nova data para viajar. A situação enquadra-se como risco, não foi algo que o consumidor causou ou que dependa da sua decisão”, explica Fátima Lemos, assessora técnica do Procon de São Paulo.

Segundo ela, o turista deve procurar o responsável pelo contrato – empresa, agência ou companhia aérea – e conversar. “É preciso ser razoável, sensível e entender o consumidor. Se o pacote não pode ser cumprido o contrato muda e precisa ser revisto”, ressalta. Multas e taxas devem ser canceladas, por exemplo.

Se o viajante já está no destino afetado por uma emergência, o contratado precisa oferecer toda a assistência necessária ao cliente, que deve seguir as normas, inclusive de segurança, impostas pelo local.
Em Destaque

Por Marcela Munhoz - Diário Online
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Gerais - Clique Aqui
As últimas | Turismo
18/09/2018 | Brasileiros precisarão de autorização de viagem para entrar na Europa a partir de 2021
17/09/2018 | Halloween Horror Nights 2018, do Universal Orlando, já está aberto
31/08/2018 | Campos do Jordão para crianças
As mais lidas de Turismo
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6239 dias no ar.