NOTÍCIA ANTERIOR
Nova regra de ortografia confunde até dicionários
PRÓXIMA NOTÍCIA
Só ficará faculdade que tiver qualidade, diz nova secretária de Educação Superior
DATA DA PUBLICAÇÃO 04/11/2008 | Educação
Curso a distância para docente cresce 270% em 5 anos
Em cinco anos houve um aumento de 270% na procura por cursos não-presenciais, os chamados a distância, para formação de professores, segundo revela reportagem publicada na edição desta terça-feira na Folha (íntegra disponível para assinantes do UOL e do jornal).

Segundo texto assinado pelo jornalista Fábio Takahashi, no mesmo período, o aumento de matrículas em cursos presenciais cresceram 17%.

Os dados foram tabulados com base no Censo da Educação Superior por Jaime Giolo, ex-diretor do Inep (instituto de estudos do MEC) e docente da Universidade de Passo Fundo (RS), 2006 é o último ano com informações disponíveis.

O Ministério da Educação avalia que existe um déficit de 246 mil docentes no país.

O texto mostra ainda que a formação a distância para professores da educação básica divide pesquisadores.

Para alguns, como o coordenador da pós-graduação em educação da USP, Romualdo Portela, "É uma resposta precária à necessidade de formação de professores".

Outros, como a ex-secretária estadual de Educação de São Paulo e diretora-presidente do Instituto Protagonistes, Rose Neubauer, discordam. "Ou continuamos com falta de professores ou utilizamos a tecnologia para aumentar o número", afirma.

Por Folha Online
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Gerais - Clique Aqui
As últimas | Educação
21/09/2018 | Ensino superior cresce no País, mas graças à modalidade a distância
19/09/2018 | Em crise financeira, UFABC tenta definir objetivos para 2019
18/09/2018 | Cidade francesa muda pátio de pré-escola para favorecer a igualdade de gênero
As mais lidas de Educação
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6290 dias no ar.