NOTÍCIA ANTERIOR
Teste para dengue é incógnita
PRÓXIMA NOTÍCIA
Atrium Shopping lança aplicativo para transformar a experiência de compra dos clientes
DATA DA PUBLICAÇÃO 08/11/2016 | Setecidades
Crianças são envenenadas em escola estadual de Santo André
Crianças são envenenadas em escola estadual de Santo André Unidade fica no bairro Campestre, em Santo André, e atende crianças de 7 a 12 anos, aproximadamente. Foto:Andréa Iseki
Unidade fica no bairro Campestre, em Santo André, e atende crianças de 7 a 12 anos, aproximadamente. Foto:Andréa Iseki
Cinco estudantes ingeriram substância levada por colega, mas passam bem, conforme município

Alunos da Escola Estadual Antônio de Campos Gonçalves, no Bairro Campestre, em Santo André, passaram mal após ingerirem uma substância química que, possivelmente, foi levada por um dos colegas. A unidade escolar oferece ensino fundamental 1, com crianças entre 7 e 12 anos, aproximadamente. Conforme a Prefeitura, os menores foram levados para o Centro Hospitalar Municipal. Uma criança está em estado de observação e as outras já tiveram alta médica.

Crianças foram levadas para o Centro Hospitalar de Santo André, porém, passam bem. Foto: Divulgação
Crianças foram levadas para o Centro Hospitalar de Santo André, porém, passam bem. Foto: Divulgação

Os relatos apontam para a possibilidade de uma aluna de 7 anos ter levado veneno para combater ratazanas. Unidades do veneno foram distribuídas entre cinco colegas e apenas um deles ingeriu maior quantidade e por isso ficou em estado de observação.

Em nota, a Secretaria de Educação do Estado lamentou o ocorrido e confirmou que a substância foi levada de casa por uma aluna. "A Diretoria Regional de Ensino de Santo André lamenta o fato e esclarece que a substância foi levada de casa por uma aluna. A escola não tem este tipo de produto e, ainda que tivesse, os alunos não têm acesso aos estoques da unidade porque estes são trancados com chave. A menina, de sete anos, distribuiu a mais cinco colegas de classe; a professora, ao perceber, acionou a direção que imediatamente avisou os pais e responsáveis de todos os envolvidos e chamou o SAMU. Todos foram para o hospital municipal e passam bem. A direção da unidade vai conversar com os responsáveis da aluna e trabalhar medidas educativas com a estudante", informou em nota.

A Prefeitura de Santo André informou em nota que foram "três meninos e duas meninas encaminhados por viatura do Samu (Serviço Móvel de Urgência) para UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Central por volta das 15h, por suspeita de intoxicação exógena. Das cinco crianças, quatro já foram liberadas e uma permanece em observação até o momento, embora assintomática".

Ainda em nota, a Prefeitura informou também que "a Vigilância Epidemiológica recebeu no fim desta tarde cinco notificações dos pacientes atendidos na UPA Central. A partir dos comunicados, o Departamento de Vigilância à Saúde tomará as providências necessárias".

Por Renan Fonseca - ABCD Maior
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Setecidades
25/09/2018 | Acidente na Tibiriçá termina com vítima fatal
25/09/2018 | Santo André quer tombar 150 jazigos de cemitérios municipais
21/09/2018 | Região ganha 13 mil árvores em um ano
As mais lidas de Setecidades
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6195 dias no ar.