NOTÍCIA ANTERIOR
Corinthians cala críticos e fatura primeiro título na Arena de Itaquera
PRÓXIMA NOTÍCIA
Marcelo Melo vence norte-americanos e avança na estreia em Madri
DATA DA PUBLICAÇÃO 10/05/2017 | Esportes
Corinthians esquece festa e espera clima pesado no Chile
Ainda tentando se recuperar da comemoração do título paulista, o Corinthians volta a campo nesta quarta-feira, às 21h45, diante do Universidad de Chile para tentar avançar em outra competição, a Copa Sul-Americana. Só que a preocupação é grande, mesmo com a vantagem no duelo. Após os incidentes da primeira partida, quando 24 chilenos ficaram presos após confrontos com a PM nas arquibancadas da Arena Corinthians, os jogadores esperam um clima de guerra em Santiago.

As torcidas organizadas corintianas saíram de São Paulo na segunda em direção à capital chilena e também sabem que podem encontrar um ambiente hostil. Na memória está os problemas que aconteceram no segundo jogo entre Peñarol e Palmeiras, em Montevidéu, que culminaram em brigas no campo e nas arquibancadas. Por isso, o discurso é evitar falar de confusões e se concentrar na bola.

Dentro de campo, o Corinthians defende a vantagem de 2 a 0 conquistada no duelo de ida e pode perder por um gol de diferença que se classifica. Se perder por dois gols, mas marcando pelo menos um, também avança. E se for 2 a 0 para os chilenos, a decisão será nos pênaltis. Ausentes na finalíssima do Campeonato Paulista, quando estavam suspensos, o meia Rodriguinho e o volante Gabriel voltam à equipe titular. A principal ausência será o zagueiro Pablo, com uma sinusite.

Para não deixar a vaga escapar, os jogadores deixaram a festa do Estadual de lado e já colocam o foco no rival chileno. "É muito bom ser campeão. Comemoramos bastante, mas já temos de deixar isso para trás. Temos um jogo muito importante pela Sul-Americana, muito difícil, o time da La U demonstrou que joga um bom futebol e vai ser difícil. Temos de estar preparados. É recuperar as pernas e descansar", afirmou o atacante Romero.

Adversária do Corinthians, a Universidad de Chile está com as atenções divididas. Afinal, faz disputa acirrada com o Colo Colo pelo título do Torneio Clausura - o rival é o líder, mas com apenas um ponto de vantagem. Ainda assim, o técnico Guillermo Royos descarta poupar qualquer titular.

Por Estadão Conteúdo - Diário Online
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Gerais - Clique Aqui
As últimas | Esportes
21/09/2018 | Tite convoca Pablo, Walace e Malcom para duelos contra Arábia Saudita e Argentina
20/09/2018 | Real Madrid atropela a Roma por 3 a 0 e inicia bem a luta pelo tetracampeonato
18/09/2018 | Jogador de vôlei que jogou em Santo André é encontrado morto na Espanha
As mais lidas de Esportes
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6239 dias no ar.