NOTÍCIA ANTERIOR
5º Encontro de Teatro promove entretenimento e políticas públicas culturais
PRÓXIMA NOTÍCIA
Mulher é encontrada morta com sinais de estup ro
DATA DA PUBLICAÇÃO 07/05/2018 | Cidade
Conheça os vereadores que votam a favor do Prefeito Atila
Conheça os vereadores que votam a favor do Prefeito Atila
O legislativo Mauaense é composto por 23 vereadores de diferentes partidos. Alguns em seu primeiro mandato, alguns em seu segundo mandato e outros que já têm anos de experiência na casa de leis municipal. 21 dos 23 tem uma coisa em comum: Fazem parte da base de governo do Prefeito Atila Jacomussi (PSB). Nesta matéria, você conhecerá quais são os parlamentares que votam a favor do Prefeito na casa de leis, seja qual for o projeto apresentado.

Adelto Cachorrão (Avante)

Em seu segundo mandato, Cachorrão disputou as eleições em três oportunidades diferentes: 2004, 2008 e 2012, a última, com 1628 votos, deu-lhe a suplência do PP (Partido Progressista) e, após a cassação de Ivann Gomes, o Batoré, Adelto tomou posse definitivamente em julho de 2014.

Em 2016, 2.399 votos concederam-lhe o direito à permanência no cargo até 2020. Cachorrão é o 2º secretário, fazendo parte da mesa-diretora. Tem a função de auxiliar e substituir o 1º secretário e também anotar o tempo de fala de cada vereador, além de assinar os atos da Mesa.

Admir Jacomussi (PRP)

Pai do atual Prefeito, Atila Jacomussi (PSB), Admir iniciou na vida pública em 1968 e em 1972 elegeu-se vereador pela primeira vez. Após a primeira eleição, Jacomussi, como é conhecido, já cumpriu sete outros mandatos consecutivamente e totaliza 32 anos de vereança.

Atualmente, é Presidente da Casa de Leis e defensor ferrenho do Prefeito Atila, votando favorável a todos os tipos de projetos que favoreçam o governo e argumentando contrário a qualquer tipo de oposição que se levante.

Dr. Cincinato

Cincinato Lourenço Freire Filho iniciou sua trajetória parlamentar no ano de 1996 quando foi eleito, pela primeira vez, vereador. Hoje, Dr. Cincinato está em seu quinto mandato na casa de leis municipal.

Cincinato, antes de ser vereador, trabalhou nas UBS’s (Unidades Básicas de Saúde) do Jardim Zaíra 1 e 2, UBS Central, UBS Flórida (antigo hospital Mauá) e na Santa Casa de Mauá, local onde já realizou mais de 10 mil partos.

Fernando Rubinelli (PDT)

Filho de um ex-deputado federal e ex-vereador em Mauá e de uma ex-vereadora e ex-secretária do meio ambiente, advogado e pós-graduado em Direito processual Civil. Este, é Fernando Rubinelli, líder de governo do Prefeito Atila na casa de leis mauaense.

Já trabalhou como professor assistente em Direito Público e como assessor de Deputados Federais, em 2010, foi assessor da secretaria de Habitação e Desenvolvimento Urbano da Prefeitura de Diadema.

Em seu primeiro mandato, Rubinelli obteve 2.338 votos e foi eleito aos 27 anos. É o porta-voz do chefe do executivo na câmara municipal e também defensor ferrenho de Atila.

Gil Miranda (PRB)

Gildázio Estevão Miranda, do PRB, também faz parte da base aliada ao Prefeito Atila. Nascido na Bahia, veio para São Paulo em 1985 onde converteu-se na Igreja Universal do Reino de Deus. Assim, trabalhou como obreiro voluntário na igreja onde conheceu diversas pessoas por meios de grupos de evangelização.

É técnico em contabilidade, cursando o último ano em bacharelado em Ciências Contábeis. Ingressou no setor público em 2001 como chefe de gabinete do Pastor Altino.

Disputou sua primeira eleição em 2012 e foi eleito com 3.362 votos, está em seu segundo mandato e foi reeleito com 3.736 votos.

Tchacabum (PRP)

Um dos mais midiáticos vereadores de Mauá, Helenildo Alves da Silva, popularmente conhecido como “Tchacabum”, nasceu na Bahia e chegou em Mauá quando tinha dois anos de idade acompanhado de seis irmãos, seu pai e sua mãe.

Foi candidato nas eleições de 2012 e obteve 1.538 votos. Na época, apenas 52 votos separaram o atual parlamentar de uma cadeira no legislativo da época. Tchacabum ficou apenas como primeiro suplente de sua coligação.

Em 2016, disputou novamente as eleições e foi eleito com 2.744 votos, o 11º vereador mais votado do município. Atualmente, Tchacabum dá muita atenção para os problemas sociais, como buracos nas vias, limpeza de locais, entre outros. No entanto, também faz parte da base governista e vota favorável aos projetos do chefe do executivo.

Jair da Farmácia (PMDB)

Jair de Oliveira, o Jair da Farmácia, nasceu em Minas Gerais e veio para São Paulo no ano de 1958. A numerosa família conta com 15 irmãos e o primeiro emprego de Jair foi como engraxate, logo depois passando a atuar como atendente de farmácia. Tempos depois, fundou seu próprio negócio, que é uma farmácia que gerencia até hoje.

Concorreu as eleições pela primeira vez em 2012 e obteve surpreendentes 3.462 votos, sendo, na ocasião, o quinto parlamentar mais votado do município.

Em 2016, ficou apenas como suplente de vereador e com a saída de Chico do Judô para exercer o cargo de Secretário de Serviços Urbanos da Prefeitura, retornou ao legislativo mauaense para cumprir seu segundo mandato.

Jotão (PSDB)

Nascido na Bahia, em 1972, chegou a São Paulo em 1972 para trabalhar como office boy. Há 18 anos se tornou comerciante em Mauá.

Jotão acompanhava a política com integrantes do bairro, reivindicando melhorias. Assim, teve a certeza de que poderia contribuir para o legislativo Mauaense e lançou-se candidato em 2012, sendo eleito com 2.457 votos.

Em seu segundo mandato sendo cumprido neste ano, foi reeleito em 2016 com 2.326 votos, permanecendo no cargo até 2020.

Pastor José (PSDB)

José da Silva, Pastor José, nasceu no interior de São Paulo. Casado e pai de seis filhos, veio para Mauá no ano de 1963, quando tinha 20 anos. Estabeleceu-se no Jardim Zaíra, onde conheceu sua esposa.

Aposentado, José é pastor na Comunidade Casarão de Mauá, onde está desde 1988. Aos 73 anos, com as atividades eclesiásticas reduzidas, lançou-se candidato em 2016 e está em seu primeiro mandato como vereador na cidade, recebendo 2.150 votos.

Melão

Melão tem 44 anos, é casado, nasceu na cidade de Campo Formoso, Bahia. José Wilson Ferreira Silva aos 10 anos migrou com seus pais para Mauá, onde reside até hoje.

Trabalhou em grandes empresas no Brasil e após alguns anos decidiu ser empresário no ramo de frios e laticínios. Pleiteou pela primeira vez uma cadeira no legislativo em 2008 e obteve 2.413 votos.

Em 2012, foi eleito com 3.000 votos pelo PDT. Melão compôs a mesa-diretora da Câmara como segundo secretário de 2012 a 2016, quando foi reeleito.

Manoel Lopes (DEM)

Nascido, também, na Bahia, Manoel Lopes do Santos, conhecido apenas como Manoel Lopes, reside em Mauá desde 1960. Casado há 33 anos com uma ex-diretora de escola e ex-secretária Municipal de Educação e Cultural de Mauá.

Graduado em ciências físicas e biológicas, aposentou-se até mesmo antes de entrar na vida pública por tempo de serviços para uma vidraria.

Foi eleito pela primeira vez em 1972, com 771 votos, pelo PL, atual PR. Em 1996 foi reeleito para o seu segundo mandato, com 2.308 votos. Em 2000, foi reeleito com 3.376 votos e cumpriu seu terceiro mandato. 2008 conquistou 3.623 e em 2012, 2.905 votos, conquistando seu sexto mandato.

Atualmente, Manoel é incisivo em suas falas, denuncia problemas sociais e, por muitas vezes, faz requerimentos que solicitam algumas informações ao poder executivo. Apesar disso, faz parte da base de governo do Prefeito.

Ivan (Avante)

Osvanir Carlos Stella, o Ivan, nasceu no interior de São Paulo e vive em Mauá há mais de 50 anos. Começou sua vida profissional como metalúrgico quando participou de várias lutas em defesa de certas categorias.

Foi assessor parlamentar do então Deputado Estadual e ex-prefeito de Ribeirão Pires, cidade vizinha, Clóvis Volpi. Ivan ainda prestou serviços públicos entre os anos de 1999 a 2002, assessorando o Deputado Federal Clóvis Volpi.

Está em seu terceiro mandato. O primeiro foi em 2008, quando recebeu 3.164 votos, reeleito em 2012, com 2.981 votos e 2016 com 2.832 votos.

Irmão Ozelito (SD)

Ozelito José Benedito, nasceu em Juazeiro, na Bahia, em 1971. Chegou ao município em 1990, com 18 anos. Iniciou sua carreira como ajudante geral, pedreiro e depois soldador. Se tornou, mais tarde, líder estudantil.

Em 2004 foi eleito vereador e reeleito em 2008. Em 2010 lançou-se candidato para Deputado Estadual, alcançando 24 mil votos, sendo 15 mil da cidade de Mauá. Ficou fora do pleito em 2012 porque perdeu a eleição para Prefeito, sendo apenas o quarto mais votado.

Em seu terceiro mandato, Irmão Ozelito retornou em 2016.

Outros vereadores

Ainda fazem parte da base governista:

Ricardinho da enfermagem (PTB)
Professor Betinho (PSDC)
Betinho Dragões (PR)
Samuel Enfermeiro (PSB)
Severino do MSTU (Pros)
Sinvaldo Carteiro (PSDC)
Neycar (SD)
Bodinho (PRP)


Estes, são os que votam favoráveis em projetos do executivo que necessitam de votos na câmara municipal. Alguns já chegaram até mesmo a declarar o apoio assumidamente.

Muitos votam, as vezes, sem concordar com o que está sendo proposto, mas apenas pelo compromisso firmado com Atila.

Por Leonardo Constantino - Mauá Agora
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Cidade
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
03/02/2020 | Com um caso em Santo André, São Paulo monitora sete casos suspeitos de Coronavírus
25/09/2018 | TIM inaugura sua primeira loja em Mauá no modelo digital
As mais lidas de Cidade
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6324 dias no ar.