NOTÍCIA ANTERIOR
Cursinho gratuito em Mauá recebe inscrições até quinta
PRÓXIMA NOTÍCIA
Pacientes reclamam de refeições do Caps
DATA DA PUBLICAÇÃO 26/06/2013 | Cidade
Comprar em sacolão de bairro em Mauá é 18% mais barato
Quem tem um pouco mais de tempo deve pesquisar os preços antes de abastecer a casa com verduras, legumes e frutas durante a semana. A equipe do Diário percorreu dois sacolões em Mauá, um no Jardim Itapark e outro no Centro da cidade, e constatou que o estabelecimento no bairro garante economia de 18,23% na compra de 23 itens.

Enquanto a cesta custa R$ 75,95 no sacolão do Jardim Itapark, seu concorrente no Centro cobra do consumidor R$ 89,80 pelo mesmo pacote de produtos, R$ 13,85 a mais.

A diferença entre um maço de agrião nos comércios é de 200%, variando entre R$ 3 e R$ 1. Em seguida está o pé de acelga (166%), encontrada a R$ 4 ou por R$ 1,50. O quilo da uva rubi não fica para trás: a diferença é de 77,21%, já que os preços são de R$ 3 e R$ 6,5.

O Diário constatou que a qualidade do produto entre um sacolão e outro é a mesma. No entanto, o estabelecimento do Centro estava com mais movimento de consumidores. Segundo alguns clientes do local, é mais prático fazer as compras ali antes de ir para casa. “É caminho para meu trabalho. O sacolão que tem perto da minha casa já está fechado quando chego”, conta a vendedora Alice de Jesus, 36 anos.

Os únicos itens que não têm diferença de preço de um lugar para o outro são a bacia de alface crespa e o maço de espinafre – ambos vendidos a R$ 2.

Entre as frutas, o mamão papaya, a maçã e o caqui possuem os preços mais elevados (veja tabela ao lado). “Na minha casa as frutas acabam muito rápido, porque faço salada (de frutas) de sobremesa. Gasto mais com esses produtos do que com salada, já que meus filhos não gostam muito”, pontua a dona de casa Lourdes Vieira, 42 anos. Segundo ela, por semana, a média de gasto é de R$ 50. “Não compro tudo, vou variando de semana para semana. Isso porque ainda preciso comprar carnes e outras misturas, não dá para gastar tanto, senão a conta no banco estoura”, brinca a dona de casa.

Por Tauana Marin - Diário do Grande ABC
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Cidade
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
03/02/2020 | Com um caso em Santo André, São Paulo monitora sete casos suspeitos de Coronavírus
25/09/2018 | TIM inaugura sua primeira loja em Mauá no modelo digital
As mais lidas de Cidade
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6404 dias no ar.