NOTÍCIA ANTERIOR
Moradores reclamam da Saúde no Jardim Sônia Maria
PRÓXIMA NOTÍCIA
Moradores de Santo André e Mauá ficam no escuro
DATA DA PUBLICAÇÃO 13/11/2015 | Cidade
Comerciante de Mauá que foi sequestrada é libertada
Comerciante de Mauá que foi sequestrada é libertada Polícia Civil prendeu cinco pessoas após quatro dias de investigação. Foto: Andris Bovo
Polícia Civil prendeu cinco pessoas após quatro dias de investigação. Foto: Andris Bovo
Cativeiro foi encontrado pela Polícia Civil na zona Leste de São Paulo

Uma comerciante de Mauá vítima de sequestro foi libertada nesta quarta-feira (11/11), após intervenção da Polícia Civil. O resgate não foi pago e cinco pessoas foram presas após quatro dias de investigação. A equipe identificou um suspeito por vez e chegou ao cativeiro, na Capital.

O primeiro contato foi feito quando o namorado da vítima, de 28 anos, recebeu uma ligação de um dos sequestradores no momento em que registrava a ocorrência, o que possibilitou o rastreamento da conversa dos suspeitos, após quebra de sigilo telefônico.

Polícia Civil prendeu cinco pessoas após quatro dias de investigação. Foto: Andris Bovo
Polícia Civil prendeu cinco pessoas após quatro dias de investigação. Foto: Andris Bovo

Com isso, foi descoberto que um dos suspeitos iria para a Cidade Tiradentes, na zona Leste da Capital. O suspeito foi localizado, confessou o crime e indicou o local do cativeiro, no Jardim Marilu, na mesma região.

Os policiais libertaram a vítima, que era vigiada por uma mulher de 23 anos em um apartamento. A suspeita foi presa e informou que o dono do imóvel era um dos responsáveis pelas negociações do sequestro. O homem estava escondido e foi detido pelos investigadores.

MORTO

Um dos criminosos que abordou a vítima foi identificado como Baianinho, desempregado, 23 anos. O suspeito reagiu na abordagem feita em sua casa, foi baleado por um dos policiais e morreu no hospital.

Outro preso, um comerciante de Diadema, 21 anos, também foi preso em casa. Com a quadrilha foram apreendidos quatro celulares utilizados na negociação do sequestro e dois carros. O revólver calibre 38 de Baianinho e a arma do policial que atirou foram apreendidos para perícia do Instituto de Criminalística.

O caso foi registrado na Delegacia de Polícia de Mauá como extorsão mediante sequestro, tortura, associação criminosa, localização/apreensão de objeto e veículo e morte decorrente de intervenção policial.

Os homens detidos foram encaminhados à Cadeia Pública de Santo André e serão transferidos para o Centro de Detenção Provisória de Mauá. As mulheres presas foram levadas à carceragem do 1º Distrito Policial da cidade.

O CASO

A vítima saía da casa de seu namorado, com as duas filhas, quando os suspeitos chegaram com um Pálio. Os sequestradores – um homem e uma mulher – estavam armados e obrigaram a comerciante a entrar no carro, fugindo em seguida.

Os criminosos não levaram nada e mandaram o namorado da vítima, de 26 anos, correr com as filhas da comerciante. Em seguida, o homem registrou o boletim de ocorrência do crime no 1º DP de Mauá.

Por ABCD Maior - Redação
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Cidade
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
03/02/2020 | Com um caso em Santo André, São Paulo monitora sete casos suspeitos de Coronavírus
25/09/2018 | TIM inaugura sua primeira loja em Mauá no modelo digital
As mais lidas de Cidade
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6335 dias no ar.