NOTÍCIA ANTERIOR
Para especialistas, argumento do Santos é correto no caso Neymar
PRÓXIMA NOTÍCIA
Rei como mandante, Corinthians busca mandar fora de casa
DATA DA PUBLICAÇÃO 14/08/2010 | Esportes
Com Sheilla inspirada, Brasil vence Holanda por 3 a 1
Após derrotar a República Dominicana na estreia da segunda rodada do Grand Prix feminino, a seleção brasileira alternou altos e baixos, e precisou usar a raça para desbancar as holandesas por 3 sets a 1, parciais de 25/21, 21/25, 25/15 e 26/24.

Maiores vencedoras da competição (com oito títulos), as comandadas do técnico José Roberto Guimarães começaram com tudo, impuseram um ritmo forte e abriram, logo de cara, uma vantagem considerável. No final do set, as holandesas até esboçaram uma reação, mas o Brasil tinha uma gordurinha para queimar e fechou por 25 a 21.

Na parcial seguinte, a história se inverteu. As europeias tomaram as rédeas do jogo e as atletas verde-amarelas tiveram que correr atrás do resultado - a Holanda chegou a fazer 8 a 3. Apesar do dia inspirado de Sheilla (quase impecável nas viradas), o Brasil encontrou dificuldades para atacar e bloquear, sobretudo quando a bola chegava nas mãos da oposto Flier. Dessa forma, as europeias empataram também com 25 a 21.

No terceiro set, o bloqueio brasileiro voltou a funcionar, e as holandesas não conseguiram furar a parede verde-amarela e o resultado apontou 9 a 1 para o Brasil. Com a confiança renovada, a equipe brasileira não deu sopa para o azar, jogou bem e fechou com um arrasador 25 a 15.

Perto da vitória para garantir três pontos (já que, segundo o regulamento, o triunfo no tie break distribui apenas dois pontos), o Brasil partiu para cima, contudo as adversárias equilibraram o confronto no início.

Mas, a balança começou a pender para o lado sul-americano quando Sheilla começou a sacar (8 a 6 para o Brasil). Tal vantagem se manteve até as holandesas marcarem Sheilla e virarem a partida para 17 a 16.

No entanto, a raça verde-amarela prevaleceu no momento crítico, quando as atletas brasileiras foram protagonistas de inúmeras defesas difíceis e empataram 23 a 23 para depois fecharem por 26 a 24.

Reserva contra a República Dominicana, a oposta Sheilla fez uma partida sensacional e terminou como a maior pontuadora, com incríveis 33 pontos (23 de ataque, seis de bloqueio e quatro de saque).

Com apenas um revés acumulado (ante a Itália na primeira rodada), a seleção brasileira continua firme em busca do eneacampeonato. O próximo compromisso será no domingo (15), contra as chinesas, a partir das 4h30 (horário de Brasília).

Por R7 - Gazeta Press
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Gerais - Clique Aqui
As últimas | Esportes
21/09/2018 | Tite convoca Pablo, Walace e Malcom para duelos contra Arábia Saudita e Argentina
20/09/2018 | Real Madrid atropela a Roma por 3 a 0 e inicia bem a luta pelo tetracampeonato
18/09/2018 | Jogador de vôlei que jogou em Santo André é encontrado morto na Espanha
As mais lidas de Esportes
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6198 dias no ar.