NOTÍCIA ANTERIOR
Prefeituráveis do Grande ABC defendem sustentabilidade
PRÓXIMA NOTÍCIA
Para especialista, horário eleitoral é mal utilizado
DATA DA PUBLICAÇÃO 24/08/2008 | Política
Clóvis Volpi não se licenciará da Prefeitura
O prefeito de Ribeirão Pires, Clóvis Volpi (PV), não irá se licenciar do cargo para se dedicar à campanha de sua reeleição. O chefe do Executivo havia cogitado a possibilidade de se afastar da administração, mas avaliou que não será necessário. Pesquisa Diário/Ibope, publicada em 20 de julho, aponta o prefeito com 63% das intenções de voto, 49 pontos à frente do segundo colocado, Valdírio Prisco (PSDB).

"Ser prefeito e fazer campanha é complicado. Às vezes as coisas se confundem, mas estamos sabendo lidar bem com essa situação e não será necessário me licenciar", afirmou.

Sábado, Volpi dedicou grande parte do dia a reuniões com diversos seguimentos da sociedade: adolescentes, professores e evangélicos. Em encontro com jovens na sede do PCdoB, o prefeito falou sobre o compromisso de alugar um imóvel e fazer a Casa do Hip Hop para incentivar grupos de dança, música e grafite. Volpi também destacou seus projetos para a Educação, caso seja reeleito.

"Hoje, temos 120 alunos inscritos no curso pré-vestibular e a idéia é ampliar esse número, pois a demanda é grande", disse. "Nossa proposta visa diminuir o desequilíbrio entre os garotos da escola pública e os jovens de colégios particulares. Isso não é discriminação, é compensação", disse.

Valdírio Prisco - O candidato do PSDB foi sábado ao Jardim Caçula e circulou pelo bairro com o priscomóvel, apelido dado a seu carro de som. Prefeito por três vezes (1973 a 1976, 1983 a 1988 e 1993 a 1996), o tucano destacou a evolução da área localizada às margens da rodovia Índio Tibiriçá nas últimas décadas, mas afirmou que ainda é preciso investir mais na infra-estrutura.

"Quando fui prefeito pela primeira vez, essa região não tinha mais do que dez casas. Hoje, o sistema de distribuição de água, iluminação pública, transporte e Saúde está muito melhor, mas ainda há muito o que fazer. As ruas estão esburacadas e as áreas de lazer são insuficientes", queixou-se.

Mário Nunes - O prefeiturável petista cancelou caminhada no comércio da Avenida Francisco Monteiro, no bairro Santa Luzia, por causa da chuva e optou por fazer corpo a corpo no Terminal Rodoviário, no Centro. "Ainda estou em uma fase da campanha que preciso me tornar conhecido e, por isso, tenho de me apresentar ao maior número de eleitores possível. Na rodoviária, circulam pessoas de todas as regiões da cidade e, por isso, é importante divulgar a nossa candidatura em um local como esse", justificou.

Também sábado, Mário Nunes fez reunião com aliados para definir os últimos detalhes de seu plano de governo que será lançado no próximo sábado.

Por Raphael Ramos - Diário do Grande ABC
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Gerais - Clique Aqui
As últimas | Política
25/09/2018 | Bolsonaro inicia dieta branda e faz caminhada fora do quarto, diz boletim
21/09/2018 | Bolsonaro diz nunca ter cogitado volta da CPMF e fixa postagem no seu Twitter
20/09/2018 | Ibope: Em São Paulo, Bolsonaro se isola com 30% das intenções de voto
As mais lidas de Política
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2021 - Desde 2003 à 6771 dias no ar.