NOTÍCIA ANTERIOR
Duplicação da Índio Tibiriçá segue no papel após 6 anos
PRÓXIMA NOTÍCIA
Multas por invasão a faixas de ônibus caem quase pela metade
DATA DA PUBLICAÇÃO 05/10/2017 | Setecidades
Católicos levam bicharada para receber bênção de São Francisco
 Católicos levam bicharada para receber bênção de São Francisco Foto: Denis Maciel/DGABC
Foto: Denis Maciel/DGABC
O santo protetor dos animais é seguido por milhares de devotos em todo o mundo, o que não é diferente no Grande ABC. Os moradores da região puderam levar ontem seus animais de estimação para receber bênçãos no Dia de São Francisco de Assis em diversas paróquias das sete cidades. Em São Caetano, o evento aconteceu na igreja que leva o nome do padroeiro da causa animal.

A cerimônia foi celebrada pelo padre José Herculano Vicente, que benzeu aproximadamente 200 animais em dois períodos, às 10h e às 14h. Feliz, disse ter abençoado cães, gatos, tartarugas, coelhos, pássaros e, inclusive, lobos domésticos. “São Francisco de Assis se preocupou com a vida, com a criação como um todo. O nosso povo tem essa sensibilidade, o olhar para vida e o carinho com todos os seres. Temos a alegria de poder acolher nossas famílias, junto de seus bichinhos.”

Emocionado, o empresário Alexandre Secco, 48 anos, contou que pela primeira vez levou seu papagaio para benzer. “Ele tem tentando fugir, e está com um problema sério no olho que nenhum veterinário consegue identificar. Vim pedir a São Francisco de Assis que cure o meu companheiro. Não existe amor maior que o de um bichinho de estimação. É parte da minha família.”

Jéssica Santoro, 27, levou seu gato Chico para receber as bênçãos, pois ele está doente há cinco meses. “Estou correndo com ele para tentar salvar sua vida, quem sabe com ajuda do santinho ele melhora. São Francisco ajuda tanto os bichinhos.”

O gatinho Lilu, de apenas 15 dias, foi levado pela dona com a esperança de que tenha vida longa. “Ele ainda é muito bebê. Moro em casa, logo ele começa a sair e, infelizmente, há muitas pessoas maldosas. Acredito que trazendo ele aqui ele terá uma vida tranquila e será protegido”, contou Talita Fernandes Viveiros, 21.

À noite, missa com o bispo diocesano de Santo André, dom Pedro Carlos Cipollini, fechou o dia destinado aos animais na mesma paróquia.

Por Bia Moço - Especial para o Diário
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Setecidades
25/09/2018 | Acidente na Tibiriçá termina com vítima fatal
25/09/2018 | Santo André quer tombar 150 jazigos de cemitérios municipais
21/09/2018 | Região ganha 13 mil árvores em um ano
As mais lidas de Setecidades
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2021 - Desde 2003 à 6770 dias no ar.