NOTÍCIA ANTERIOR
Atrium Shopping promove grande festa para a chegada do coelho da Páscoa
PRÓXIMA NOTÍCIA
São Bernardo zera demanda reprimida de cirurgias eletivas
DATA DA PUBLICAÇÃO 21/03/2018 | Setecidades
Caminhões com entulho e carros largados em rua viram tormento
Caminhões com entulho e carros largados em rua viram tormento Moradores também reclamam que praça em Santo André é usada para consumo de drogas. Foto: Denis Maciel/DGABC
Moradores também reclamam que praça em Santo André é usada para consumo de drogas. Foto: Denis Maciel/DGABC
No fim da Rua Bastos, esquina com a Rua Barra Mansa, na Vila Bela Vista, em Santo André, pelo menos 16 veículos, batidos, faltando peças ou até conservados, estão aparentemente abandonados ao longo de trecho da via. Os carros e dois caminhões lotados de entulho causam transtornos aos moradores, que reclamam do lugar ter se tornado propício para infestação de mosquitos e ponto de encontro de usuários de drogas.

Moradores acreditam que os veículos tenham alguma ligação com proprietário de galpão localizado na altura do número 450, que, além de juntar entulho nas caçambas dos caminhões, empilha caixas e sacos de lixo em frente aos portões. Segundo moradores, o entulho chega a ser acumulado por meses antes de ser retirado, o que pode causar doenças por atrair baratas, ratos e mosquitos, além de outros bichos.

Nos últimos meses, época de chuva e tempo quente, a grande quantidade de mosquitos foi pauta diária nas conversas da população. “Com esse surto de febre amarela, dengue, e não sei mais o quê, fico com receio de levar meu neto na praça. Lá fica cheio de mosquito”, diz aposentada, 72 anos, que preferiu não se identificar.

Porém, a maior preocupação dos habitantes são os grupos de jovens que usam a praça e a cobertura que os carros proporcionam para se reunir e utilizar drogas. “Vira e mexe tem gente fumando aqui. Quando trago minha filha peço para eles saírem e eles até respeitam. Mas acho que falta patrulhamento da polícia”, comenta o manobrista Fernando Alves, 46.

Segundo a aposentada Mercedes Cabriotti, 69, pedidos de fiscalização à Prefeitura foram feitos diversas vezes, e a solução só ficou na promessa. A idosa lamenta, principalmente, a perda de um lugar de lazer para as crianças do bairro. “Eu levava meu neto mais velho para brincar no parquinho que tem ali (na praça). Com o caçula eu já não posso fazer isso, pois do jeito que está não fico tranquila de levar”, afirma Mercedes, que mora no bairro há 43 anos.

Procurada pelo Diário, a Prefeitura de Santo André informou que o DET (Departamento de Engenharia de Tráfego) fará vistoria hoje no local para verificar se os veículos têm proprietários para que sejam notificados e autuados. O Departamento de Gestão Ambiental também foi acionado e deve vistoriar o imóvel da Rua Barra Mansa onde há resíduos obstruindo a calçada, nos próximos dias. Além disso, será checado o alvará de funcionamento do estabelecimento.

O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), por sua vez, informa que realizou recentemente vistoria no local e não identificou descarte irregular na praça, que apresenta sinais de roçagem recente.

Por Juliana Stern - Diário Online
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Setecidades
25/09/2018 | Acidente na Tibiriçá termina com vítima fatal
25/09/2018 | Santo André quer tombar 150 jazigos de cemitérios municipais
21/09/2018 | Região ganha 13 mil árvores em um ano
As mais lidas de Setecidades
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6238 dias no ar.