NOTÍCIA ANTERIOR
Santo André e Mauá investigam óbitos por suspeita de dengue
PRÓXIMA NOTÍCIA
Sabesp exige que Mauá apresente até dia 29 plano para pagar dívida
DATA DA PUBLICAÇÃO 20/09/2017 | Cidade
Câmara de Mauá reajusta em 13% edital do plano de saúde
Câmara de Mauá reajusta em 13% edital do plano de saúde Foto: girodascidades.com.br
Foto: girodascidades.com.br
Prestes a completar dois meses sem convênio médico para os servidores, a Câmara de Mauá colocou na rua licitação para contratar novo plano de saúde. O novo edital prevê contrato estimado em R$ 2,98 milhões. O valor global do acordo é 13% superior ao assinado com a Santa Casa de Misericórdia, então detentora do serviço.

No valor de R$ 2,68 milhões, o contrato com a companhia foi rescindido em julho pelo presidente da Casa, Admir Jacomussi (PRP), pelo fato de a empresa não comprovar sua saúde financeira. No ano passado, a companhia foi proibida pela ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) de comercializar planos de saúde por “anormalidades econômico-financeiras”.

A abertura dos envelopes com as propostas das empresas está marcada para o dia 10 de outubro. Admir crê na possibilidade de pôr fim à longa novela que envolve o convênio médico dos servidores do Legislativo. “Vamos ver se conseguimos resolver isso de uma vez por todas. A nossa intenção não era deixar os funcionários sem plano de saúde, tanto que até estudamos a possibilidade de assinar um contrato emergencial, mas fui orientado de que não era o dispositivo correto para o momento. Não foi falta de planejamento (da Câmara), mas descumprimento do contrato por parte da Santa Casa. Por isso, estamos promovendo essa nova licitação”, frisou o parlamentar.

O imbróglio envolvendo o convênio médico do funcionalismo da Câmara mauaense já se arrasta desde 2015. O contrato vigente naquela época era justamente com a Santa Casa, mas não poderia ser mais prorrogado.

Após duas licitações fracassadas, o então presidente da Câmara, Marcelo Oliveira (PT), teve de reajustar em 20% o valor pago pela Câmara por beneficiário para conseguir destravar a contratação de novo plano – a quantia subiu de R$ 323 para R$ 385 por usuário.

No novo edital não há informações sobre o valor a ser pago por pessoa.

Ao todo, são 480 beneficiários do plano de saúde. Desse total, 181 usuários são titulares (sendo 12 aposentados) e 299 dependentes.

Por Júnior Carvalho - Diário do Grande ABC
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Cidade
03/02/2020 | Com um caso em Santo André, São Paulo monitora sete casos suspeitos de Coronavírus
25/09/2018 | TIM inaugura sua primeira loja em Mauá no modelo digital
25/09/2018 | CPTR oferece 20 vagas de emprego (25/09)
As mais lidas de Cidade
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6194 dias no ar.