NOTÍCIA ANTERIOR
São Bernardo terá Centro de Informações Turísticas
PRÓXIMA NOTÍCIA
Menores fazem reféns na Fundação Casa
DATA DA PUBLICAÇÃO 15/09/2014 | Setecidades
Buracos provocam transtorno na região
Buracos provocam transtorno na região Foto: Andréa Iseki/DGABC
Foto: Andréa Iseki/DGABC
Trafegar pelas ruas da região está cada dia mais complicado. Além do trânsito, é preciso ficar atento ao número de buracos e emendas malfeitas, comuns nas sete cidades.

A situação é mais grave nos municípios menores. Em Rio Grande da Serra, o taxista Geraldo de Souza reclama das ruas da Vila Lopes. “Estão uma tristeza, cheias de buracos”. A situação se agrava longe do Centro. “De vez em quando vem alguém com o pneu rasgado por causa da situação das ruas”, diz o borracheiro César Gino Ferreira.

Em Ribeirão Pires, a Rua Manoel Simões, no Jardim São Francisco, é de paralelepípedos e está cheia de buracos. “Já reclamei diversas vezes para a Prefeitura e eles nunca resolveram”, destaca o estudante Marcelo Evangelista. O mesmo problema ocorre nas ruas Miguel Prisco, no Centro, Leme e Gália, no bairro Roncon.

Na Rua Antônio Germinali, no Jardim Zaíra 2, em Mauá, a população convive há mais de um ano com uma cratera. Os moradores tiveram de sinalizar o local com galhos para alertar os motoristas. “As ruas do Zaíra são horríveis, está tudo abandonado”, reclama o motorista de ônibus Edivaldo Colombo.

As cidades maiores também têm problemas. No trecho de São Bernardo do Corredor ABD, o motorista encontra buracos na altura da fábrica Marba e do hipermercado Extra. O secretário adjunto de Serviços Urbanos da cidade, Flávio Casarini, diz que há programa tapa buraco de segunda-feira a sábado, subdividida em casos de urgência e solicitações de moradores.

Em Ribeirão Pires, há planejamento para custeio de obras de recapeamento nas ruas Manoel Simões, Miguel Prisco e Avenida Capitão José Gallo, e nas duas últimas há operação tapa buracos em andamento.

Mauá informou que realiza permanentemente a operação tapa buracos dentro do calendário de ações do Programa Nossa Mauá, Cidade Limpa. Sobre o recapeamento das vias, a cidade ainda aguarda liberação de verba do governo federal. Já a Prefeitura de Rio Grande da Serra não respondeu até o fechamento desta edição.

Por Fernando Pereira e Renato Dias - Especiais para o Diário
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Setecidades
25/09/2018 | Acidente na Tibiriçá termina com vítima fatal
25/09/2018 | Santo André quer tombar 150 jazigos de cemitérios municipais
21/09/2018 | Região ganha 13 mil árvores em um ano
As mais lidas de Setecidades
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2022 - Desde 2003 à 6892 dias no ar.