NOTÍCIA ANTERIOR
Queda em turismo de negócios esvazia hotéis e voos na Copa
PRÓXIMA NOTÍCIA
Qatar cria campanha para turistas vestirem roupas discretas nas ruas
DATA DA PUBLICAÇÃO 28/05/2014 | Turismo
Brasileiros se casam em Bali, no Laos e no Camboja durante a lua de mel
Eles aproveitaram viagem de 4 meses pela Ásia para receber bênçãos.

Cerimônias seguiram as tradições de cada país.


Em vez de alianças, pulseiras. Em vez de vestido branco, um pano enrolado na cintura e camisa bordada vermelha. Em vez de beijo, uma fruta que os noivos colocam um na boca do outro. Em vez de orações em português, palavras em sânscrito.)

Foi assim, bem diferente do convencional, o casamento dos brasileiros Átila Ximenes e Ludmy Paiva, ou melhor, os casamentos.

O cearense e a mineira, ambos com 28 anos, aproveitaram a lua de mel de quatro meses pela Ásia para celebrar sua união com três cerimônias realizadas em países diferentes: Laos, Camboja e na Indonésia.

A ideia surgiu pouco antes da viagem. “A gente estava com muita vontade de fazer isso. Uma lua de mel de quatro meses já é especial. Com a bênção em vários países ela ficou mais especial ainda”, diz Átila, que trabalha na área de marketing.

Preço

Na véspera da partida, eles assinaram um documento de união estável no Brasil. Pensavam, inicialmente, em fazer uma cerimônia tradicional nas Maldivas. Desistiram por causa do preço alto e acabaram conseguindo organizar as bênçãos nos outros três países. “Ao longo do caminho fui pesquisando e achei várias opções bem mais acessíveis e mais legais”, diz a publicitária mineira Ludmy.

As celebrações seguiram as tradições locais. “Foi tudo o mais autêntico possível. Conseguimos nos inserir da melhor maneira naquelas culturas”, afirma Átila. A descrição de cada cerimônia está no blog de viagens do casal, o Vou Contigo, que existe desde 2009.

Água sagrada e arroz

Segundo o casal, muitos hotéis nesses países oferecem a possibilidade de que os turistas participem de celebrações tradicionais. Átila e Ludmy pagaram US$ 250 (cerca de R$ 550) pela cerimônia em Luang Prabang, no Laos, e o mesmo valor pela de Siem Reap, no Camboja. Já a de Bali, na Indonésia, custou US$ 1.200 (R$ 2.700), mas incluiu as vestimentas, cabelo e maquiagem e ensaio profissional de fotos.

Para os noivos, essa última foi a mais bonita. “Cada coisa tinha um significado. Tinha uma espécie de xamã, que era tipo um padre deles, que fez um ritual de purificação, com orações, uma água sagrada que ele jogou na nossa cabeça, arroz...”, descreve a noiva.

No final, um colocou na boca do outro um gomo de uma fruta típica. “Significa que a gente vai ser companheiros de vida, que vai se cuidar, ter carinho um pelo outro”, explica ela.

A parte ruim, afirmam, foi não dividir o momento com a família e os amigos, mas eles pretendem fazer uma celebração no Brasil no ano que vem.

Átila é católico não praticante. Ludmy é batista, mas diz que acredita no poder das orações de qualquer crença. “Para mim foi muito especial porque acredito na energia das coisas, da orações, da fé. Foi maravilhoso sermos abençoados várias vezes", diz.

Além de Laos, Camboja e Indonésia, a lua de mel do casal incluiu Tailândia, Vietnã, Índia e Malásia. Eles voltam para o Brasil na próxima semana.

Por Flávia Mantovani - G1, em São Paulo
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Gerais - Clique Aqui
As últimas | Turismo
18/09/2018 | Brasileiros precisarão de autorização de viagem para entrar na Europa a partir de 2021
17/09/2018 | Halloween Horror Nights 2018, do Universal Orlando, já está aberto
31/08/2018 | Campos do Jordão para crianças
As mais lidas de Turismo
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6190 dias no ar.