NOTÍCIA ANTERIOR
Deleção do ex-executivo da Odebrecht Ambiental Guilherme Pamplona
PRÓXIMA NOTÍCIA
Mauá oferece oficinas culinárias contra a hipertensão
DATA DA PUBLICAÇÃO 26/04/2017 | Cidade
Atila aponta R$ 42 mi em repasses da União
Atila aponta R$ 42 mi em repasses da União Foto: Claudinei Plaza/DGABC
Foto: Claudinei Plaza/DGABC
Em viagem a Brasília desde segunda-feira, o prefeito de Mauá, Atila Jacomussi (PSB), afirmou ao Diário que obteve garantias do Ministério das Cidades de que o município receberá o valor de R$ 42 milhões em verbas federais, por meio do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) e do plano habitacional Minha Casa, Minha Vida.

Parte deste montante – R$ 9 milhões –, segundo o socialista, foi garantida pelo ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB), e referem-se a financiamentos para obras de urbanização do Jardim Cerqueira Leite, projeto este congelado há cinco anos. “O governo anterior (do ex-prefeito Donisete Braga, PT) deixou essa obra abandonada. O bairro ficou completamente esquecido, semelhante à Faixa de Gaza, como uma área degradada. O projeto levará asfalto, drenagem e a construção de conjuntos habitacionais. Isso vai levantar a autoestima da população daquela região”, frisou Atila.

O projeto de urbanização e regularização do Cerqueira Leite foi assinado ainda em 2012, pelo então prefeito Oswaldo Dias (PT, 2009-2012) e consistia em várias fases, sendo uma delas a remoção de 470 famílias para um conjunto habitacional no Jardim Kennedy. De lá para cá, nada avançou na prática. Segundo Atila, a liberação para a transferência do recurso já foi dada ontem pelo ministro tucano.

O chefe do Executivo de Mauá também recebeu sinalização de transferência de R$ 33 milhões para o setor de Mobilidade Urbana. Os recursos, segundo ele, serão utilizados para financiamento da construção de dois terminais (Jardins Itapark e Zaíra) e a reforma do Itapeva. Essa verba, porém, ainda depende do envio dos projetos ao governo federal.

Além de Atila, os prefeitos de São Caetano, José Auricchio Júnior (PSDB), e de Ribeirão Pires, Adler Kiko Teixeira (PSB), também estiveram na Esplanada dos Ministérios em busca de aportes federais. Enquanto Auricchio iniciou tratativas com a Pasta das Cidades sobre a abertura de créditos para financiamentos voltados para as áreas de drenagem e Mobilidade Urbana junto à Caixa Econômica Federal, Kiko formalizou junto ao ministro Marx Beltrão (PMDB, Turismo) pedido para mudança de objeto da construção do teleférico, já engavetado pela administração municipal.

“Para a área de drenagem, temos vários projetos em estoque no DAE (Departamento de Água e Esgoto) que podemos buscar o financiamento”, destacou Auricchio, ao citar a retomada das obras da construção de galeria de águas pluviais na Avenida Fernando Simonsen, no bairro Cerâmica.

Kiko, por sua vez, obteve “sinalização positiva” para liberação de recursos para obras da Vila do Doce e do Portal Turístico local. “Apresentamos demandas de Ribeirão para ampliar o poder de investimento da cidade em importantes projetos, que contemplam a população”, enfatizou o socialista.

Por Júnior Carvalho - Diário do Grande ABC
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Cidade
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
03/02/2020 | Com um caso em Santo André, São Paulo monitora sete casos suspeitos de Coronavírus
25/09/2018 | TIM inaugura sua primeira loja em Mauá no modelo digital
As mais lidas de Cidade
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
As mais lidas no Geral
06/04/2020 | Atualização 06/04/2020 do avanço Coronavírus na região do ABC Paulista
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6238 dias no ar.