NOTÍCIA ANTERIOR
Almoço comunitário reúne 6.000 pessoas no Parque São Bernardo
PRÓXIMA NOTÍCIA
Tranquilidade nas compras de última hora em São Bernardo
DATA DA PUBLICAÇÃO 23/12/2012 | Setecidades
Assoreamento compromete 15% da capacidade de piscinões
Assoreamento compromete 15% da capacidade de piscinões Mato e sujeira podem entupir bombas dos piscinões. Foto: Amanda Perobelli.
Mato e sujeira podem entupir bombas dos piscinões. Foto: Amanda Perobelli.
Embora DAEE afirme que piscinões estão em condições, mato e lixo foram encontrados pela reportagem em reservatórios

A sujeira que as águas das enchentes levam para os piscinões podem comprometer a capacidade de armazenamento dos reservatórios em até 15% a cada ano, caso não sejam limpos. A limpeza dos reservatórios é de responsabilidade do DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica), do governo do Estado, que informou estar tudo pronto para o período de chuvas. No entanto, não foi isso que a reportagem encontrou ao percorrer alguns equipamentos da Região.

De acordo com o professor de engenharia civil do Centro Universitário FEI, Jorge Giroldo, se não forem limpos, os reservatórios perderão a capacidade de armazenamento em até oito anos. “Essa é uma previsão. O desassoreamento tem que ser feito, pois pode inutilizar os equipamentos. É necessário tirar toda a sujeira”, destacou.

Além de perder a capacidade, a sujeira pode danificar as bombas de sucção usadas para bombear as águas para fora dos piscinões. “Existem filtros que não permitem que madeiras, galhos de árvores fiquem retidos. Porém, objetos pequenos podem entupir as bombas e até danificá-las”, destacou o professor.

No ABCD existem 19 piscinões sendo 10 em São Bernardo, quatro em Mauá, três em Diadema, dois em Santo André e um em São Caetano. Em março deste ano, o governo do Estado anunciou a construção de mais dois reservatórios no ABCD, um em São Bernardo e outro em Mauá, orçados em R$ 30 milhões.

Por meio de nota, o DAEE informou que investiu R$ 29 milhões na limpeza dos 25 piscinões da Região Metropolitana de São Paulo. O trabalho durou cerca de um ano e foi concluído na primeira quinzena deste mês. “Os reservatórios da região do ABCD encontram-se em condições de reservação, dois deles, o Oratório em São André e o de São Caetano tiveram a limpeza feita em parceria com as respectivas prefeituras”.

A reportagem do ABCD Maior esteve nos piscinões da Faculdade de Medicina, em Santo André; Ecovias/Imigrantes, em Diadema e Paço Municipal, em Mauá, para verificar as condições de limpeza dos reservatórios. Além de muito mato e terra, no de Diadema, havia sujeira como garrafas plásticas e latas.

A assessoria de imprensa do DAEE informou que apesar do mato e da terra, os piscinões do ABCD estão em plena capacidade operacional e que a sujeira não irá afetar a capacidade de armazenamento.

Plano prevê outras ações para evitar enchentes

O professor Giroldo lembrou que os piscinões são apenas uma das ações do Plano de Drenagem da Bacia do Alto do Tietê. “Existe apenas um rio para escoar toda a água dos municípios da Região Metropolitana, que é o Tietê. Os reservatórios fazem com que a água fique retida na cabeceira dos rios nas cidades. Outra ação, que também já foi colocada em prática, é o alargamento da calha do Tietê, o que ajuda na vazão”, explicou.

Giroldo aponta como outra alternativa fazer com que a água do rio fique mais lenta, para que haja mais tempo para a água chegar até o Tietê. “Há locais em que já foram construídos pequenos diques que armazenam as águas da chuva, evitando enchentes nas localidades e fazendo com que o rio fique mais lento”, disse.

O plano ainda tem uma ação que deve contar com a participação da comunidade, que deve deixar pequenas áreas de suas casas permeáveis. “As pessoas podem deixar um jardim ou mesmo parte do quintal com terra para que a água da chuva tenha para onde escoar. Essa parte do plano não foi muito divulgada, mas se as pessoas aderirem é uma grande ajuda”, ressaltou.

Por Vladimir Ribeiro - ABCD Maior
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Setecidades
25/09/2018 | Acidente na Tibiriçá termina com vítima fatal
25/09/2018 | Santo André quer tombar 150 jazigos de cemitérios municipais
21/09/2018 | Região ganha 13 mil árvores em um ano
As mais lidas de Setecidades
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6194 dias no ar.