NOTÍCIA ANTERIOR
Ingressos para segundo jogo entre Coritiba e Vasco estão esgotados
PRÓXIMA NOTÍCIA
Mano fala em educar torcedor para a Copa depois de vaias
DATA DA PUBLICAÇÃO 04/06/2011 | Esportes
Amistoso contra Holanda é teste de alto nível para a seleção
O amistoso que o Brasil disputa hoje contra a Holanda, em Goiânia, às 16h10, vai servir para muita coisa.

O técnico Mano Menezes vai começar a escolher os jogadores para a Copa América da Argentina, em julho, sua primeira competição oficial.

O grupo tem hoje 27 jogadores, e Mano já falou que vai esperar pela recuperação de Pato e Ganso para definir os 22 que vão para o torneio do qual o Brasil saiu vencedor nas últimas duas edições.

"Não é um amistoso qualquer. É um jogo especial", comentou o treinador.

A partida de hoje serve ainda para que alguns traumas possam ser resolvidos.

Para o Brasil, é a chance de devolver a derrota para a Holanda que o eliminou nas quartas de final da Copa da África, há quase um ano.

Para Mano, a possibilidade de vencer um adversário da elite do futebol mundial.

Sob o comando do ex-treinador do Corinthians, a seleção bateu EUA, Irã, Ucrânia e Escócia. Porém perdeu para Argentina e França, nos dois jogos por 1 a 0.

A Holanda ocupa hoje o segundo lugar no ranking da Fifa, só atrás da Espanha. O Brasil é o terceiro da lista.

Do elenco que perdeu por 2 a 1 em Port Elizabeth, estão em Goiânia dez jogadores.

Dos remanescentes, hoje serão titulares Júlio César, Daniel Alves, Lúcio, Thiago Silva, Ramires, Elano e Robinho. Já Maicon, Luisão, Nilmar estarão no banco.

Os sobreviventes daquela derrota evitam falar em revanche ou vingança.

"Senti muito aquela derrota, mas isso aqui é só mais um jogo", comentou o goleiro Júlio César. "Nada vai mudar o que aconteceu lá", disse o capitão Lúcio, que completa cem jogos pela seleção.

Será ainda o primeiro teste de Mano e de vários jogadores diante da torcida brasileira, que, em Goiânia, deve ser mais compreensiva do que em São Paulo ou no Rio.

No aeroporto, no hotel e nos treinos no Serra Dourada, houve histeria com a presença dos jogadores e do técnico Mano Menezes.

Para atletas menos conhecidos, é uma oportunidade para se exibir. "Agradeço a chance de jogar no Brasil, porque na Ucrânia é difícil me ver", disse o meia Jadson, do Shakhtar Donetsk, que hoje à tarde será reserva.

O amistoso também servirá para provas fora do gramado. O COL (Comitê Organizador Local da Copa de 2014) quer fazer "testes de serviço do padrão Fifa" no jogo de hoje, e também no de terça-feira, contra a Romênia, no Pacaembu, em São Paulo.

O comitê quer testar, sobretudo, serviços de segurança, acomodação de torcedores e instalações para a imprensa. Houve problemas durante a semana principalmente no último quesito, que ontem não foi resolvido e irritou integrantes do COL.

O governo de Goiânia gastou R$ 4,4 milhões em reformas no estádio e no entorno.

Na TV
Brasil x Holanda
16h10
Globo e Sportv

Por Martín Fernanez - Enviado Especial a Goiânia, Folha Online
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Gerais - Clique Aqui
As últimas | Esportes
21/09/2018 | Tite convoca Pablo, Walace e Malcom para duelos contra Arábia Saudita e Argentina
20/09/2018 | Real Madrid atropela a Roma por 3 a 0 e inicia bem a luta pelo tetracampeonato
18/09/2018 | Jogador de vôlei que jogou em Santo André é encontrado morto na Espanha
As mais lidas de Esportes
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6198 dias no ar.