NOTÍCIA ANTERIOR
Liberação do Uber segue no papel
PRÓXIMA NOTÍCIA
Casos de meningite em escola preocupam famílias
DATA DA PUBLICAÇÃO 29/03/2017 | Setecidades
Alunos cobram ações contra roubos próximos a universidades
Alunos cobram ações contra roubos próximos a universidades Foto: Nario Barbosa/DGABC
Foto: Nario Barbosa/DGABC
No fim da semana passada, a estudante de Ciências Contábeis Gabriela Rodrigues, 18 anos, estava a caminho da universidade quando foi surpreendida por um assaltante. “Estava indo para a aula quando, de repente, um rapaz apontou a arma, pediu meu celular e a minha carteira”, relata.

O assalto ocorreu na Rua Suez, próximo à estação de Utinga da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), em Santo André, na divisa com São Caetano.

Não é a primeira vez que estudantes reclamam da falta de policiamento no local.Existem duas faculdades na região: a USCS (Universidade Municipal de São Caetano) e a Anhanguera. O lugar é conhecido pelos alunos como perigoso.

O estudante de Rádio e TV Marcio Nascimento, 21, também foi vitima de assalto. Ele foi surpreendido por assaltantes em plena luz do dia. “Dois rapazes me abordaram e me obrigaram a deitar no chão para pegar meu celular”, lamenta.

Alunos dizem, inclusive, que estão evitando passar pelo local desacompanhados. Eles optam por andar em grupos. Boa parte dos roubos é registrada em atalho localizado ao lado de concessionária. Eles dizem que o ideal é dar a volta e fazer o acesso pela Avenida da Paz, onde fica localizada a estação, pois é um local movimentado e estudantes podem evitar os assaltos.

A Prefeitura de Santo André informou ter iniciado nesta gestão um entrosamento com as forças policias, realizando um mapeamento em conjunto. Na próxima reunião do Comitê Integrado de Segurança, o assunto entrará em pauta e será levado ao conhecimento da PM (Polícia Militar) para providências.

A USCS informou que o diretório central dos estudantes encaminhou para a Secretaria de Segurança de São Caetano, em 2016, abaixo- assinado solicitando policiamento no local. O documento continha assinaturas de funcionários, estudantes e comunidade. A universidade ainda afirmou “fazer o possível” para firmar parcerias com a PM no sentido de reforçar a Segurança e para conscientizar os estudantes sobre os riscos.

Por Andressa Claudino - Especial para o Diário
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Setecidades
25/09/2018 | Acidente na Tibiriçá termina com vítima fatal
25/09/2018 | Santo André quer tombar 150 jazigos de cemitérios municipais
21/09/2018 | Região ganha 13 mil árvores em um ano
As mais lidas de Setecidades
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6233 dias no ar.