NOTÍCIA ANTERIOR
Varejo da região abre contratações temporárias
PRÓXIMA NOTÍCIA
Casal é preso depois de assalto a casa em Mauá
DATA DA PUBLICAÇÃO 11/04/2008 | Cidade
Acidente deixa 1 morto na Índio Tibiriçá
Um acidente grave deixou um morto na rodovia Índio Tibiriça quinta-feira, por volta das 20h.

Um Volkswagen Fusca colidiu com um caminhão Mercedes-Benz modelo L-1313. A batida ocorreu no Km 54 da via, na altura de Ribeirão Pires.O fato aconteceu durante a forte chuva que caiu na região à noite.

A lataria do Fusca foi praticamente dobrada ao meio pelo caminhão. O motorista ficou preso nas ferragens e morreu no local. Ele aparentava ter 30 anos de idade, mas não havia sido identificado até o fechamento desta edição. A placa do veículo era de São Paulo.

Três pessoas ocupavam o caminhão, o motorista Sebastião Luís da Silva, 62 anos, e seus dois filhos. Silva sofreu ferimentos leves. Durante a colisão, seu pulso foi forçado contra o volante do veículo e precisou ser enfaixado. “Os médicos já fizeram vários exames em mim. Graças a Deus foi só isso”, disse. Nada aconteceu com os dois jovens.

Colisão - O Fusca trafegava na rodovia em sentido a Suzano. Silva, por sua vez, vinha com o seu veículo na direção contrária, indo para Mauá.

A batida aconteceu numa curva. De acordo com o motorista do caminhão, o rapaz que dirigia o Fusca perdeu o controle do carro e rodou na pista. “Quando eu vi ele rodando gritei para os meus moleques e comecei a segurar o caminhão”, afirmou. A freada foi tão brusca que a carga de vidros que ele carregava deslocou-se para frente da caçamba.

Ele afirmou ter conseguido parar seu caminhão, mas a vítima não. O Fusca continuou rodando até atingir a frente do L-1313 com o lado do motorista, fazendo com que a rapaz sofresse todo o impacto da colisão. “A batida foi tão grande que eu senti meu caminhão indo para trás”, disse. O fusca ficou destruído.

Primeira - Caminhoneiro profissional há 43 anos, Silva afirmou que nunca havia se envolvido num acidente com vítimas fatais. “Nunca bati o veículo, só uns arranhados de vez em quando”, afirma.

Até as 22h, nenhum parente ou conhecido do falecido havia aparecido no local.

Por João Guimarães - Diário do Grande ABC
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Cidade
03/02/2020 | Com um caso em Santo André, São Paulo monitora sete casos suspeitos de Coronavírus
25/09/2018 | TIM inaugura sua primeira loja em Mauá no modelo digital
25/09/2018 | CPTR oferece 20 vagas de emprego (25/09)
As mais lidas de Cidade
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6192 dias no ar.