NOTÍCIA ANTERIOR
Copa do Mundo dá força à expansão de lojas temáticas de futebol em 2010
PRÓXIMA NOTÍCIA
Comerciantes rejeitam notas de R$ 100 no Paraná
DATA DA PUBLICAÇÃO 21/02/2010 | Economia
ABCD cria 3.249 postos de trabalho em janeiro
O ano de 2010 começou com boas notícias para mais de 3.000 famílias do ABCD. Isso porque, durante o mês passado 3.249 novos postos de trabalho com carteira assinada foram criados na Região, de acordo com dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho, divulgados nesta quinta-feira (18/02).

O saldo positivo entre contratações (25.794) e demissões (22.545) realizados no ABCD em janeiro representa um crescimento de 0,57% no nível de emprego regional na comparação com dezembro de 2009.

Para o economista e professor da Universidade Metodista, Sandro Maskio, a predominância de indústrias de transformação na Região e o desenvolvimento do setor foram os principais responsáveis pela criação de postos de trabalho em quase todas as cidades do ABCD. “Isso demonstra uma certa sustentabilidade da atividade econômica. Tanto, que o saldo apresentado em janeiro de 2008 é bem semelhante aos números referentes a janeiro de 2010”, informou.

A indústria de transformação foi o setor que gerou mais postos de trabalho neste ano no ABCD, com 1.927 novas vagas criadas. A construção civil, com saldo de 822 novos postos criados, e o setor de serviços, com 987 novos empregos em 2010, vem na sequência.

Para Maskio, as indústrias de transformação estão passando por um período de retomada econômica na Região. Em São Bernardo, por exemplo, a criação de 1.039 postos de trabalho no setor representa mais da metade das vagas de emprego geradas pela cidade em 2010 e quase um terço dos postos que o ABCD criou em janeiro. O setor também gerou 409 vagas de Diadema, 350 em Santo André, 157 em São Caetano e 58 em Mauá.

De acordo com Maskio, apesar do feriado de Carnaval e de fevereiro ser mais curto, neste mês, o desempenho do emprego na Região deve ser semelhante ao apresentado em janeiro.

Empregadoras - A cidade que lidera o ranking da geração de emprego no ABCD neste ano é São Bernardo, com 1.432 postos de trabalho criados. Em seguida vem São Caetano, com 859 novos empregos, Diadema, com mais 539 trabalhadores, e Santo André, com saldo de 417 novas carteiras assinadas em 2010. Mauá criou 109 novos postos de trabalho em janeiro. Rio Grande da Serra e Ribeirão Pires perderam, respectivamente, 97 e 10 vagas.

Brasil - O ano de 2010 começou com recordes na criação de emprego do País e o volume de pessoas empregadas com carteira assinada superou a expectativa do ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, que previa a criação de cerca de 100 mil postos. No primeiro mês de 2010, o Brasil gerou 181.419 mil novos empregos formais. O resultado equivale a um crescimento de 0,55% em relação ao estoque de empregos do mês anterior e supera em 27% o recorde anterior de janeiro de 2008 (142.921). A meta do Ministério é criar dois milhões de postos de trabalho este ano.

No País, a indústria de transformação, após amargar queda do nível de emprego em dezembro de 2009, apresentou uma geração recorde de postos de trabalho e foi responsável por empregar 68.920 mil novos trabalhadores, saldo que superou em 17% o recorde anterior para o mês, ocorrido em janeiro de 2008 (59.045 postos).

Por Cinthia Isabel - ABCD Maior
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Gerais - Clique Aqui
As últimas | Economia
25/09/2018 | Operação mira sonegação de R$ 100 mi de grupos cervejeiros e cerca Proibida
25/09/2018 | Greve na Argentina cancela voos no Brasil nesta terça-feira
25/09/2018 | Demanda por GNV aumenta até 350% após alta na gasolina
As mais lidas de Economia
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6235 dias no ar.