NOTÍCIA ANTERIOR
Horta transforma morador de rua em São Bernardo
PRÓXIMA NOTÍCIA
Universitária desaparece na região central de Santo André
DATA DA PUBLICAÇÃO 10/01/2015 | Setecidades
200 pessoas protestam em Santo André contra aumento das tarifas
200 pessoas protestam em Santo André contra aumento das tarifas Manifestantes caminharam pelas ruas do Centro de Santo André. Foto: Fabiano Ibidi
Manifestantes caminharam pelas ruas do Centro de Santo André. Foto: Fabiano Ibidi
Ato que partiu da estação Celso Daniel foi tranquilo e não atrapalhou o trânsito

Santo André foi palco para o segundo ato contra o aumento das tarifas de ônibus e trem no ABCD às 14h deste sábado (10/01). Cerca de 200 pessoas, conforme a Polícia Militar, reuniram-se em frente à estação de trem Celso Daniel e marcharam pelas ruas do centro a favor do Passe Livre e contra o aumento.

O grupo seguiu em direção à rua Oliveira Lima, onde ganhou adesão de quem caminhava no calçadão. Seguindo pela rua D. Elisa Fláquer, retornaram à frente da estacão pela rua General Glicério, às 16h30. Viaturas da Polícia Militar e do Departamento de Trânsito da cidade contiveram o tráfego e os manifestantes concluíram o trajeto sem nenhum conflito, cantando palavras de ordem, acompanhados por instrumentos de fanfarra.

O ato foi organizado pelo Comitê Regional Unificado contra o Aumento das Passagens de Ônibus. O professor e membro do comitê, André Sapanos, afirmou que a movimentação nas ruas também repudia a repressão ocorrida no ato de Mauá, na quarta-feira (07/01), quando quatro manifestantes foram apreendidos. "Mas nossos ideais defendidos nas ruas, como o Passe Livre e a diminuição da tarifa também são encaminhadas por escrito para o prefeito de cada cidade em que fazemos a manifestação", contou.

ABC une forças à Capital - Cerca de 70 pessoas da Região reuniram-se em Santo André na tarde desta sexta-feira (09/01) e seguiram para o ato contra o aumento das tarifas de ônibus, trem e metro na Capital. O grupo foi organizado pelo Comitê Regional Unificado contra o Aumento das Passagens de Ônibus, que uniu forças ao MPL (Movimento Passe Livre).

Os representantes da Região ficaram em bloco, identificados com botons e faixas, durante o ato que passou pelas avenidas São João, Ipiranga e Consolação antes de chegar à praça do Ciclista, em São Paulo. "Estamos lutando pelo mesmo objetivo, pelo Passe Livre e contrários ao aumento da tarifa. A união de forças mostra que o ABCD está com a Capital na mesma causa", contou o professor André Sapanos.

Apesar de ter começado pacífica, a manifestação em São Paulo terminou em confronto com a Polícia Militar. Confira na reportagem: Manifestação do MPL na Capital termina com 51 detidos

O primeiro ato contra o aumento da tarifa de transporte da Região ocorreu na última quarta-feira (07/01), em Mauá, de forma pacífica, mas no início quatro integrantes do comitê foram apreendidos por policiais militares. Em São Bernardo, a manifestação está marcada para o dia 15, às 17h, com concentração no Terminal Central, conforme informou Sapanos.

A nova tarifa de R$ 3,50 vale para todos os ônibus municipais do ABCD e Capital desde terça-feira (06/01). O trólebus custa agora R$ 3,70 – antes era R$ 3,20. As linhas intermunicipais tiveram reajuste de 16%.

Por Jessica Marques - ABCD Maior
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Setecidades
25/09/2018 | Acidente na Tibiriçá termina com vítima fatal
25/09/2018 | Santo André quer tombar 150 jazigos de cemitérios municipais
21/09/2018 | Região ganha 13 mil árvores em um ano
As mais lidas de Setecidades
Relação não gerada ainda
As mais lidas no Geral
Relação não gerada ainda
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2020 - Desde 2003 à 6199 dias no ar.